Gala Heróis PME: Uma Noite para Lembrar

Por Marluce Rosa

A gala de entrega dos troféus marcou o fim da 2ª edição do prémio Heróis PME. Tim Vieira foi o keynote speaker e Marta Atalaya, pivot da SIC Notícias, apresentou o evento. A Hamlet, que responde desde a primeira hora pela comunicação da iniciativa da Yunit Consulting, esteve lá em peso, como mostra a fotografia. E a Marluce Rosa, redatora da agência, explica por que essa foi uma noite de que não se vai esquecer.

Universidade B2B

Subscreva a newsletter da Universidade B2B, a sua fonte de conhecimento e atualização contínua sobre marketing e comunicação business-to-business.

A gala final da 2ª edição do prémio Heróis PME decorreu no dia 30 de Outubro na CCIP. Mas apesar de eu ter tarefas a cumprir no evento, não consigo dizer que tenha sido uma noite de trabalho para mim.

Quando comecei o meu estágio de copywriter na Hamlet (responsável pela comunicação da Yunit Consulting e do prémio), este foi dos primeiros projectos em que pude trabalhar.

Este ano tive o privilégio de acompanhar bem de perto a 2ª edição e como é óbvio não podia perder a melhor parte: o momento simbólico em que os Heróis subiram ao palco para receber os troféus.

Uma noite cheia de histórias de sucesso, aplausos e emoções

Na gala Heróis PME deste ano, pude ver a intervenção do Tim Vieira, o tubarão que mais investiu nas empresas do programa Shark Tank, da SIC.

Tim Vieira durante o seu discurso na gala.

Tim foi o keynote speaker e fez questão de relembrar a todos que a vida de empresário não é fácil. Abdica-se do tempo com a família, não há horários de saída e é-se responsável por muitas outras pessoas. Só por isso, todos os premiados já estavam de parabéns.

Conduzida pela pivot Marta Atalaya, da SIC Notícias – a parceira da Yunit nestas duas edições do prémio – o evento contou com a presença de todos os patrocinadores da 2ªedição: a VICTORIA Seguros, a Católica Business School e a Delta Cafés.

Mas o que marcou mesmo a noite foram as histórias que passaram pelo palco

Bernardo Maciel, CEO da Yunit Consulting, a criadora do prémio Heróis PME, explicou a Marta Atalaya, pivot da SIC Notícias e a apresentadora do evento, qual é o objectivo desta iniciativa: dar a devida visibilidade às histórias de coragem e visão empresarial das PME portuguesas.

Histórias de finalistas como a Novumdux, empresa fundada por dois desempregados e que hoje é referência no seu sector. Como a do Hospital Veterinário de Santa Marinha, o primeiro hospital veterinário a funcionar 24h no Norte do país, criado por três jovens recém-licenciados. E a da Pinto Lopes Viagens, que organiza viagens premium para os quatro cantos do mundo há mais de 40 anos.

Quanto às histórias dos vencedores, essas foram as que mais me impressionaram.

Pude ouvir a história da Viúva Monteiro & Irmão, empresa de transportes com quase 100 anos que serve uma região do “interior mais interior” do país, o Sabugal. E a da Sports Partner, resultado da paixão de um rapaz de 20 anos pelo desporto e que hoje exporta para o mundo inteiro.

Mas também fiquei admirada com a incrível perseverança da Samsys e da Tomás Floresta. A primeira foi fundada no quarto de dois irmãos e agora fatura 3 milhões de euros. A segunda está a lutar para se reerguer das chamas, depois de ter perdido praticamente tudo em 2017, no incêndio de Pedrógão Grande – e, por isso, venceu o Prémio Fénix.

O CMM – Centro Médico de Aveiro levou para casa o troféu de grande vencedor da 2ª edição dos Heróis PME. Conquista que deixou Gabriel Costa, o CEO da empresa, e a mulher, Diana Angera, bastante orgulhosos.

Por último, foi a vez do grande vencedor, o CMM – Centro Médico de Aveiro, levantar o troféu. Esta rede de clínicas foi fundada na Murtosa e esteve à beira de fechar durante a crise de 2011. Ficou um ano no vermelho, mas continuou de portas abertas para não deixar centenas de pacientes sem os cuidados de saúde de que precisavam. E ainda salvou dezenas de empregos, comprando clínicas em dificuldades.

Se no fim da noite Marta Atalaya disse que saía dali com o coração cheio por ter ficado a conhecer estas histórias, posso dizer que fiquei com a mesma sensação. E desconfio que os premiados se tenham sentido assim também.

Dois anos de grandes resultados

Nestas duas edições, mais de 90 empresas participaram nos Heróis PME. A campanha do prémio nos meios digitais chegou a mais de 2,5 milhões de pessoas. A página de Facebook conta com mais de 13 mil fãs. E a iniciativa conquistou o apoio de marcas e entidades de peso.

Todos os envolvidos saem a ganhar. Quem participa ganha visibilidade gratuita nas plataformas digitais do concurso. Quem vence ganha ainda mais visibilidade e recebe um conjunto de prémios com grande valor para o seu negócio. Quem apoia o prémio beneficia da associação com uma causa de grande apelo.

E a Yunit ganha não apenas notoriedade e um posicionamento diferenciador, como também uma plataforma para identificar e atrair leads qualificadas.

E já arrancou a 3ª edição.

Se faz parte de uma PME com uma história de sucesso e coragem para contar, inscreva-a já na 3ª edição do prémio. Ou, se conhece alguma empresa assim, recomende-a. Para o ano, quem sabe, talvez seja você a receber um dos troféus dos Heróis PME.

Além de todas as histórias incríveis que passaram pelo palco, a gala final deste ano teve outro grande momento: o arranque da 3ª edição dos Heróis PME.

Desta vez, a Yunit tem a TSF e o Dinheiro Vivo como parceiros. E conta já com o apoio da CCIP.

O prémio Heróis PME distingue-se de outros por dar a conhecer não só os sucessos das empresas concorrentes, mas o percurso, muitas vezes cheio de desafios, que as levou até lá. Dando a justa visibilidade à visão, coragem e persistência destes empresários e empresárias.

Eu e toda a equipa aqui da Hamlet vamos continuar a trabalhar com a Yunit para cumprir estes objectivos. E fazer com que a 3ª edição seja um sucesso ainda maior que as anteriores.

Veja abaixo mais imagens do evento.